Linhas de Pesquisa

HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS BIOMÉDICAS

Compreende reflexões sobre a dimensão histórica da ciência, tanto no que se refere aos atores e instituições deste campo específico da vida social, quanto no que diz respeito aos processos e práticas sócio-cognitivos referentes à produção do conhecimento como empreendimento coletivo. Desta perspectiva, busca-se analisar as especificidades da atividade científica como parte constitutiva do mundo moderno em distintos momentos históricos, bem como os processos pelos quais ela se institucionalizou no Brasil. A linha de pesquisa vem abrangendo estudos sobre instituições, ideias, grupos, biografias e trajetórias científicas; a história de campos disciplinares específicos, como a história natural, a medicina, a psiquiatria (e outros saberes psicológicos); as relações entre pensamento social, interpretações do Brasil e instituições e saberes científicos; as relações entre raça, saúde e sociedade; a circulação de conhecimentos e as relações internacionais na ciência; as relações de gênero nas ciências;  as concepções científicas e intelectuais sobre a natureza; e as relações entre seres humanos e ambiente.

Conheça os projetos de pesquisa vinculados a essa linha

 

HISTÓRIA DAS POLÍTICAS, INSTITUIÇÕES E PROFISSÕES EM SAÚDE

Compreende investigações sobre os saberes e as práticas que configuram a saúde como fenômeno político e social em distintos contextos históricos. Tem como diretriz analisar as ideias, ações e práticas institucionais e coletivas, públicas e voluntárias, que visam assistir, proteger e socorrer os indivíduos e a sociedade dos efeitos da pobreza e da doença; as distintas concepções de saúde – e as práticas a elas relacionadas – por parte de grupos sociais diversos (do Estado e da sociedade civil); e a relação entre teorias biomédicas e ações/políticas no campo da saúde. Vem reunindo estudos sobre as relações entre saúde, cidadania e Estado nacional; práticas e concepções nos campos da assistência médica e da terapêutica; atores, instituições e políticas de prevenção e controle de enfermidades; a formação de profissionais e organizações no campo da saúde; as políticas públicas de saúde no Brasil e suas relações com agendas internacionais; as instituições filantrópicas e organizações voluntárias de assistência.

Conheça os projetos vinculados a essa linha de pesquisa

 

HISTÓRIA DA MEDICINA E DAS DOENÇAS

Reúne um conjunto de investigações sobre as representações, os saberes e as práticas relacionadas às doenças, compreendidas como fenômenos socioculturais. Busca analisar os processos pelos quais indivíduos e grupos (entre os quais os próprios doentes), em distintos contextos históricos, conferem significados à experiência da doença e do adoecimento, e como tal experiência produz impactos sobre a percepção e a organização do mundo social. Esta linha de pesquisa vem reunindo estudos sobre as concepções e práticas relativas a doenças específicas, bem como sobre as ações por parte de instituições médicas, do poder público e de organizações e grupos da sociedade civil tendo em vista seu controle, prevenção e tratamento. Aborda ainda as concepções e intervenções médicas sobre o corpo e os comportamentos considerados ‘doentios’ e ‘desviantes’; as relações entre formas de moradia e sociabilidade populares e condições de saúde/doença entre moradores de favelas; os conhecimentos científicos e ações/políticas sanitárias no campo da medicina tropical no Brasil; e as relações entre saúde, doenças e práticas terapêuticas da população escrava e afrodescendente.

Conheça os projetos vinculados a essa linha de pesquisa

map 

Av. Brasil, 4036 - 4º andar - Sala 420 . CEP 21040-361 – Manguinhos Rio de Janeiro – RJ.
Tel.: (+ 55    21) 3882-9093; 3882-9095; 3882-9096 ou 3882-9170 
Tel/Fax: (+ 55 21) 2590-5192
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Todo o conteúdo do Portal COC pode ser copiado, distribuído, exibido e reproduzido livremente, para fins não comerciais, desde que seja citada a fonte. A utilização para fins comerciais está sujeita a uma licença da COC/Fiocruz